A praça é nossa, mesmo!

A praça é nossa, mesmo!

Esse espaço público pode trazer muitos benefícios, como melhorar a qualidade de vida e aumentar o nível de felicidade da população.
No clássico programa do SBT, Carlos Alberto de Nóbrega senta-se em um banco de praça e vários personagens passam por ali. A cada encontro casual, uma descoberta, um drama e muitas risadas. Em seus mais de 30 anos de exibição, o humorístico tem algo fundamental a nos ensinar: a praça é ponto de encontro, de troca e de convívio. E por que isso é importante?

Vários estudos apontam que os laços que mantemos com os amigos, a família e a comunidade nos tornam pessoas mais saudáveis e felizes. A praça é um espaço público, ponto de encontro e interação, possibilita respirar ar livre, conversar com um amigo sentado no banco, brincar, correr, pular. E quem encontra-se com o outro, geralmente é mais feliz.

O mundo tecnológico pode nos fazer esquecer que ter conexões vai além de ter muitos seguidores. Conviver com as pessoas que a gente ama, encontrar os amigos com regularidade, bater um papo com o vizinho de vez em quando pode nos trazer mais alegria do que a gente imagina.

Isso a ciência já mostrou. É justamente a convivência o principal fator que gera felicidade nas pessoas, seguida por atividades como caminhar, tocar um instrumento, contemplar a natureza e praticar esportes, que tiram a nossa cabeça dos problemas do dia a dia.

Espaços públicos, como as praças e parques, também têm a função de conectar o urbano ao natural. Trazer um pouco da natureza para dentro do caos urbano, quebrar a loucura de uma cidade. Os espaços públicos de qualidade contribuem para reduzir o estresse e oferecem todas as ferramentas para uma vida feliz.

Ao projetar um espaço público, não existe receita. Cada lugar é único e tem suas particularidades. É fundamental considerar esses aspectos locais, entender o público a que se destina, seus hábitos e sua cultura, para oferecer o que melhor se adequa ao estilo de vida de seus moradores.  Outro ponto importante é mesclar espaços públicos com privados, agregando comércios locais, restaurantes e entretenimento. Além de proporcionar mais segurança, já que o local fica mais movimentado, os moradores conseguem realizar várias atividades a pé.

Nossa relação com a praça
No processo de formação das cidades, geralmente, o núcleo urbano começa a partir de uma praça. É um marco que dá identidade ao local. Toda cidade possui uma praça que se destaca como símbolo urbano. E para muitos também é referência, "lá do lado praça", "segue reto até a praça", "lá na feira da praça".

A praça, assim como todo espaço público, desempenha um papel fundamental na dinâmica de uma cidade ou de um bairro. Quanto mais abundantes e melhores planejadas, mais explorada será o potencial de troca de experiências. Infelizmente, na maioria das cidades brasileiras, esses espaços são mal cuidados e refletem o descaso das autoridades públicas.

Contudo, o poder público sozinho não é capaz de realizar a manutenção com a frequência e eficiência necessárias nesses espaços. É nosso dever zelar por esse bem que, sim, é de todos, mas também é seu. Precisamos mudar a ideia de que meu espaço é a minha casa e o espaço público é de ninguém. É importante compreender o público como uma extensão do privado. Esse sentimento estimula as pessoas a cuidarem melhor dos espaços públicos e a exercerem, informalmente, certa fiscalização do local.

Uma das coisas mais valiosas disso tudo é o sentimento de pertencimento à comunidade. A gente conhece pessoas, troca experiências, estimula a economia local e, de quebra, ganha mais qualidade de vida. A praça é um espaço compartilhado e democrático, pessoas de classes sociais diferentes podem se relacionar. E isso é fantástico para o crescimento pessoal dos indivíduos. Sim, a praça é nossa!

Somos comprometidos com a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas. Queremos oferecer ferramentas que gerem encontros, trocas, colaboração e contato com a natureza. Nossa missão é construir espaços que inspirem as pessoas a viverem uma cidade mais humana.

Clique para Ligar
Fale por WhatsApp